Cristão morre após ataque de parente

IRÃ (2º) – No início de outubro, um jovem iraniano ex-muçulmano, cuja identidade permanece anônima, faleceu em decorrência de um ataque realizado por um parente. O jovem falecido deixa uma esposa e dois filhos pequenos. Os membros de sua comunidade continuam firmes na fé em Jesus.

Muitos cristãos continuam a ser detidos por sua fé no Irã. De acordo com o Farsi Christian News Network, três de 15 cristãos foram detidos perto de Mashhad, a segunda maior cidade do Irã, no começo de julho e continuam presos. Em constante pressão para negar sua fé, esses cristãos se recusam a fazê-lo.

Em Ahvaz, capital da província do Khuzistão, no Irã, um pastor assistente de uma comunidade foi preso durante uma batida em sua casa em 24 de julho. Sua esposa e filha também foram presas com ele mas foram liberadas.

De acordo com um relatório da imprensa estatal televisiva iraniana, no início de setembro nove cristãos foram presos em Hamedan sob a acusação de evangelismo.

Os cristãos iranianos pedem orações:

  • Ore para que as famílias enlutadas conheçam a paz e o conforto de Jesus
  • Ore para que a comunidade afetada seja capaz de prestar um apoio efetivo aos enlutados em especial, e uns aos outros.
  • Ore para que a relação seja conhecida pelo Espírito e haja resposta ao amor de Jesus e a oferta de perdão
  • Ore para que os presos por sua fé conheçam a presença e a paz de Jesus, e assim, continuem claramente comprometidos com Cristo e cumpram os propósitos do Pai para sua vida.
  • Ore para que suas famílias conheçam a Jesus e a orientação do Espírito facilitando cada dia.
  • Ore por proteção do Pai aos seguidores de Jesus em todo o Irã. Assim também pelo amor e a presença do Filho, a sabedoria e orientação do Espírito Santo neste momento.
  • Ore para que todos os funcionários sejam envolvidos em amor e misericórdia para agir justamente e estejam prontos para ouvir as boas novas do Bom Pastor.

Tradução: Carla Priscilla Silva

Fonte: Middle East Concern / Profetico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.