Eleições 2010 – O Palhaço Tiririca eleito com mais de 1 milhão de votos é denunciado pela Justiça Eleitoral

Publicamos várias matérias com os candidatos evangélicos eleitos em 2010, porém não poderíamos deixar de citar um cadidado que ganhou as eleições com uma margem histórica, Tiririca. Creio que a única explicação de tamanho sucesso nas urnas se da ao fato de Tiririca ser um “Palhaço” e todos os seus votos foram como votos de protesto a tanta palhaçada que vemos na política Brasileira.

 

O cantor, compositor e humorista brasileiro recentemente filiado ao Partido da República, Tiritica foi eleito deputado federal por São Paulo, tendo sido o mais votado candidato a cargo legislativo nas eleições brasileiras de 2010. Tiririca com o lema o“pior que tá, não fica“ alcançou a marça de 1.353.820 sendo somente 6,35% do votos válidos em São Paulo.

Denúncia

Tiririca que ganhou fácil as eleições como uma margem gigantesca agora terá uma tarefa difícil, provar que é alfabetizado.

O juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloísio Sérgio Rezende Silveira, aceitou nesta segunda-feira denúncia contra Francisco Everardo Oliveira Silva, o palhaço Tiririca, o pedido foi feito pelo Ministério Público Eleitoral de São Paulo.

Segundo o juiz, a carta que apresentou para provar que é alfabetizado justifica o recebimento da denúncia. “A prova técnica produzida pelo Instituto de Criminalística aponta para uma discrepância de grafias”, afirma Silveira.

Para o juiz, o laudo levanta dúvida sobre o documento apresentado pelo deputado eleito ao apontar um “artificialismo gráfico”.

A denúncia foi recebida como complemento de outra aceita no dia 22 de setembro por omissão de bens na sua declaração quando se registrou candidato.

Tiririca tem 10 dias para se defender. O advogado do humorista afirmou que o partido é quem deve se pronunciar. Não foi encontrado ainda representante do PR que pudesse falar do assunto.

Fonte: Profetico / Wikipedia / TRE / Folha