O bem-estar geral de uma pessoa depende de estar bem em todos os setores da vida

Algumas pessoas, para esquecer uma frustração na vida amorosa, “afogam-se” no trabalho. Tudo para fugir da dor que está sentindo. Talvez, em alguns casos, essa atitude seja explicável, já que se trata de um procedimento momentâneo, uma forma de se recuperar do baque. Mas anular completamente essa área da vida por medo de uma nova decepção pode ser muito perigoso.

Como afirma Vera Iaconelli, psicanalista pelo Instituto Sedes Sapientiae e mestre em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP), é comum que a insatisfação numa área da vida do sujeito seja encoberta pela satisfação numa área bem sucedida.

“Em vez de o indivíduo olhar para o que falta na sua vida, ele passa a investir em algo que, supõe, o livrará da angústia gerada por essa falta. É um sistema de compensações, no qual se pensa obsessivamente em algo para não pensar nas questões angustiantes para a pessoa e que são, via de regra, inconscientes”, explica Vera Iaconelli.

Para o bem-estar geral de uma pessoa, é necessário estar bem em todos os setores da vida. Obviamente que problemas todos têm, mas encará-los com o objetivo de resolvê-los ao invés de anular o campo atingido é a forma correta de lidar com a situação e, acima de tudo, neste caso, ser feliz no amor.

Como afirma Cristiane Cardoso, escritora do livro “Melhor do Que Comprar Sapatos”, todos nós temos necessidade de satisfazer essa área da vida. “Nossa vida sentimental é extremamente importante e embora você seja o tipo de mulher que tenha objetivos pessoais, tudo seria bem mais fácil se no final de um dia cansativo de trabalho tivesse alguém lhe esperando”, afirma a escritora.

Fonte: Por Tatiana Alves / Profetico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.