Do fundo do oceano brota uma fonte de água doce

Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amarga? (Tiago 3.11)

Os cientistas descobriram que em alguma parte do fundo do oceano brotava uma fonte de água doce no meio de tanta água salgada. Tiago fala-nos de maneira clara sobre o freio da língua que nenhum homem pode domar. Diz que é um mal que não se pode refrear, pois está ela cheia de peçonha mortal. Mas recomenda: Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.

Se teus hábios são impuros (com o uso da língua), saiba que com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. Se do oceano salgado sai uma fonte de água doce, também é possível que esse pequeno membro possa refrear todo o teu corpo, porque se alguém não tropeça em palavra, o tal varão é perfeito. Se pomos freio na boca do cavalo para que nos obedeça, e conseguimos dirigir todo o seu corpo, também podemos frear nossa língua para que não pequemos contra Deus.

Se esse mal te atinge, é tempo de não mais ofender o próximo, ou a Deus, e deixar que flua de teus lábios o perfeito louvor para que tua mente se torne limpa e pura, santificada para Deus. Comece hoje mesmo a mudar o teu linguajar…

Deus lhe abençoe!

Fonte: Fernando Evangelista / Profetico