Há tantas interpretações diferentes da bíblia, porque devo crer na sua?

É atualmente uma das maiores queixas pelo fato das conclusões diferentes quando na interpretação da bíblia, é que alguns apontam para os vários credos religiosos, como igrejas, seitas etc, as quais divergem em seus entendimentos não havendo unanimidade em suas interpretações.

O problema surge quando a pessoa levam para a bíblia os seus preconceitos e procuram adequar a palavra de Deus ás suas idéias preconceituosas. Isto não é falha da bíblia, mas das pessoas que forçam a bíblia a dizer tudo o que elas querem.

Com relação ás varias denominações é preciso acentuar que são formadas por causa de divergências sobre os ensinos centrais do cristianismo. As diferenças resultam de uma variedade de fatores incluindo os culturais, étnicos e sociais, que comparadas de perto entre si, as divergências doutrinárias nem sempre são tão importante, todavia a discórdia está tanto na interpretação das Escrituras, como na sua aplicação.

Algumas afirmações da bíblia podem diferir entre si sem serem contraditórias. Algumas pessoas não sabem distinguir entre contradição e diferença. Por exemplo, o cego em Jericó: Mateus relata como os dois cegos encontraram a Jesus, enquanto Marcos e Lucas citam somente um. Contudo, as duas afirmações não se negam, mas são complementares.

A bíblia não mente, mas ela registra mentiras que outros preferiram a mentira não é inspiração de Deus e sim o registro, se houver alguma falha na sua bíblia será sempre do lado humano, como tradução mal feita, grafia inexata, interpretação forçada, má compreensão de quem estuda, falsa aplicação dos sentidos do texto etc. Uma coisa é certa, o tempo não afeta a Bíblia. Adilau

Estudante de Teologia

Linhares EE / Profetico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.