Marina de Oliveira – marido e irmão da cantora morrem em tragédia no Rio

O irmão e o esposo da cantora Marina de Oliveira morreram, no início da noite deste sábado, na queda de um ultraleve na Barra da Tijuca. Benoni Assis Vieira de Oliveira, de 45 anos, e Sérgio Ribeiro de Menezes (foto ao lado de Marina), de 44, que era casado com a cantora, estavam na aeronave, que caiu numa lagoa no terreno do Clube Céu de Ultraleve, atrás do Autódromo de Jacarepaguá.

“Estou dilacerado”, disse Arolde ao G1. “Eles saíram para voar e fotografar a cidade. Estava um dia lindo, tranquilo. Houve uma fatalidade que a gente não entende. Perdi dois filhos”, lamentou no sábado, muito abalado, o ex-secretário.

arolde de oliveira familia marina de oliveira yvelise de oliveira sergio menezes

Na foto acima, Benoni aparece abraçado ao pai, deputado federal e ex-secretário municipal de Transportes Arolde de Oliveira (DEM), e à filha caçula, Lara, numa das últimas fotos da família toda reunida, tirada na noite de Natal do ano passado. Além deles, estão também na foto Luiza Oliveira Gerk, filha de Marina de Oliveira, e o marido dela, Nelson; a mulher de Benoni, Adriana; e a mulher de Arolde e mãe de Benoni e Marina, Yvelise.

Segundo informações dos bombeiros, a aeronave caiu numa lagoa que fica no terreno do Clube Céu de Ultraleve, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio.

Bombeiros informaram que apenas a perícia poderá afirmar o motivo da queda.

Um helicóptero da corporação foi usado para auxiliar o resgate. Segundo as primeiras informações, piloto e passageiro teriam morrido afogados.

Segundo informações de parentes de Arolde, a aeronave pertencia a Benoni, um apaixonado por esportes radicais, que em 2006 já havia dado um susto na família, ao sofrer um grave acidente praticando motocross. Fotógrafo, Sérgio Menezes era casado com Marina de Oliveira desde 2007. Foram dele as fotos e a arte do último CD da cantora, “Eu não vou parar”, que foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Música Cristã no ano passado.

O enterro aconteceu neste domingo.

Morte de filho e genro de Arolde de Oliveira gera tristeza entre os amigos

O pastor Geremias do Couto, lamentou através de seu blog a morte do fotografo, Sérgio Menezes, neste sábado.

Geremias relembrou quando esteve com profissional: “Ele sempre se mostrou amistoso, sorridente e fraterno, além de excelente profissional. Tive a satisfação de visitar seu estúdio, por ocasião da produção das fotos do primeiro cd independente de minha filha Marcelle. Sérgio sempre teve criatividade e, portanto, suas produções dispensam comentários”, citou.

De origem humilde, Sérgio passou por muitas dificuldades até chegar a ser reconhecido empresário no ramo fotográfico. Começou sua carreira como office-boy na editora, recebeu de um irmão-amigo o apoio para comprar uma simples máquina e agarrar a oportunidade, na área fotográfica, para nunca mais parar. As principais produções fonográficas cristãs evangélicas têm a assinatura de Sérgio Menezes.

O pastor afirmou: “Há dois dias Sérgio Menezes falou conosco e nos informou que, no Colorado, de onde chegara domingo, teve um encontro profundo com Deus”. É o nosso conforto – a gloriosa Esperança!

Vídeo – Morte do filho de Arolde de Oliveira e do marido de Marina de Oliveira:

Fonte: Extra Online e G1 / Profetico