Nasa descobre nova evidência de que há vida em lua de Saturno

Local tem moléculas de água e deve abrigar mar subterrâneo. A Nasa (agência espacial americana) anunciou nesta segunda-feira (0802-2010) evidências de que existe água em estado líquido na superfície de Enceladus, uma lua de Saturno. A revelação é mais uma importante pista para provar a existência de vida no local.

A sonda Cassini vasculhou camadas de gelo e detectou moléculas de água com carga negativa, o que é um forte indício de que há um mar subterrâneo, pois na Terra, são encontradas moléculas de água carregadas negativamente em ondas e cachoeiras.

“A sonda vasculhou camadas de gelo e detectou moléculas de água com carga negativa, o que é um forte indício de que há um mar subterrâneo no planeta”.

Cientistas britânicos descreveram à revista científica Icarus que ainda não têm certeza de que se trata de água líquida.

Com a garantia de haver água líquida em Enceladus, os especialistas da Nasa dizem que a sexta maior lua de Saturno abriga condições para abrigar vidas.

Andrew Coats, do Laboratório de Ciência Espacial Mullard, da Universidade College London, disse que as provas recolhidas apontam para outros componentes indicadores de vida na região, como o carbono, fonte de calor para manter a água no estado líquido.

– Não é surpresa a presença de água por lá, mas esses íons negativos provam água subterrânea. E se há água, carbono e energia, aí estão alguns dos maiores componentes para a vida.

A Nasa resolveu estender a missão da sonda Cassini-Huygens, que explora Saturno e suas luas. O equipamento, que foi lançado em 1997 e chegou ao planeta em 2004, iria parar de operar em setembro deste ano, mas ganhou sobrevida até 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.