Você e seu futuro

Na vida moderna, os maiores ataques à nossa mente são oriundos daquilo que assistimos e vemos na mídia eletrônica – filmes, os programas de televisão e a internet. Grande parte daquilo que é oferecido na mídia eletrônica e prejudicial ao espírito e a mente, impedindo o crescimento de nosso “homem espiritual”.

“Aplica o teu coração á disciplina e teus ouvidos as palavras do conhecimento. Que o teu coração não inveje os pecadores mas o dia todo tenha temor a Deus, pois é certo que vai a haver um futuro, e tua esperança não vai ser aniquilada” (Provérbios 23,12.17.18).

Charlie Jones, um conferencista evangélico das décadas de 1980 e 1990, frequentemente dizia:

“Você, hoje, é o resultado dos livros que leu e das pessoas com as quais teve contato nos últimos dez anos”.

Afirma de modo magistral o escritor cristão americano Rev. Tim Lahaye:

“Creio que isso seja verdade, contudo, atualmente eu acrescentaria: “ …bem como dos filmes,vídeos , DVDs e programas de TV a que você assiste, além dos sites da internet que tenha acessado”.

Em termos espirituais, você, hoje, é o resultado da quantidade de tempo que tem dedicado á Palavra de Deus”.

O meio em que vivemos contribui para a nossa vida material e espiritual com sucesso ou não. Diz o ditado antigo; “Me diz com quem tu andas e eu te direi quem tu és”.

Uma pessoa pode ser facilmente revelada, descoberta, identificada e clarividente seu caráter e seu futuro vitorioso ou não, pelo que ela ler, vê, ouve, escuta, fala, faz, e seu contexto de convivência. O contexto cultural para muita gente decreta a sua escravidão ou a libertação para o resto da sua vida.

Afirmou com categoria o imperador francês Napoleão Bonaparte “Mostre-me uma família de leitores, e lhe mostrarei o povo que dirigirá o mundo”.

Fonte: Pe. Inácio Jose do Vale
Notas (1) Jornal do Brasil, 18/01/2010, p. A24.
(2) Chamada da Meia–Noite, Janeiro de 2010, p. 7.
(3) Manteau-Bonamy, Henri-Marie. Em caminho para Deus – meditando com Marthe Robin, Vargem Grande Paulista – SP: Cidade Nova, 2003, pp. 81 e 82.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.