Golpe Financeiro Concluído: A Economia Americana Passará a Ser Fascista e Rigidamente Controlada

A transição para uma economia rigidamente regulada está ocorrendo em escala global. O modelo capitalista está morto nos EUA; a economia fascista agora é a realidade. O plano de socorro financeiro não tem o objetivo de solucionar a crise econômica, mas sim dar poderes ditatoriais ao secretário do Tesouro, transformando-o em um czar da economia.

A economia americana agora é fascista — graças à sanção presidencial à Lei de Estabilização Econômica de 2008, uma lei comumente referida como “Lei do Socorro Financeiro”.

A planejada economia da vindoura Nova Ordem Mundial do Cristo maçônico dos Illuminati é fascista! Portanto, esse novo sistema econômico prepara o cenário para as profecias do fim dos tempos encontradas em Apocalipse 13:16-18, a passagem que trata do sinal da besta:

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.”

Para aqueles de vocês que não conhecem as características das economias capitalistas, fascistas ou comunistas, vamos separar alguns momentos para detalhar as diferenças críticas:

Capitalismo é o tipo de economia em que os indivíduos particulares são os proprietários dos meios de produção, isto é, das fábricas e das minas. As empresas fundadas por esses indivíduos concorrem abertamente umas com as outras no mercado. Ninguém diz aos donos dessas empresas o que produzir, em que quantidade, ou quanto cobrar. A concorrência é o fator predominante que define os preços e a atenção cuidadosa às necessidades e desejos da população dentro dessa economia é que determina a quantidade a ser produzida. O capitalismo pode ter suas falhas, mas produziu o padrão de vida mais elevado na história para os cidadãos que vivem debaixo desse regime;

Comunismo é o tipo de economia em que o Estado detém a propriedade dos meios de produção. O governo define para as empresas o que elas devem fabricar, quando fabricar e quanto cobrar. Esse tipo de controle é supostamente estabelecido para o bem da população, para garantir que ela seja tratada com “justiça”. Entretanto, a história mostra que o comunismo nunca funciona e produz condições de vida terríveis para os cidadãos;

Fascismo é o sistema econômico da Alemanha nazista, da Itália nos tempos de Benito Mussolini e do Japão Imperial. Hoje, somente o Japão mantém esse sistema. No fascismo, os indivíduos privados mantêm o controle sobre os meios de produção, desse modo garantindo a permanência do elemento-chave que faz o capitalismo funcionar tão bem. Entretanto, o governo intervém para controlar a quantidade que será produzida de cada item, quantos concorrentes poderão atuar no mercado e quanto eles poderão cobrar. Portanto, o potencial para os maiores lucros está na economia fascista! As experiências com a Alemanha nazista e com o Japão imperial provaram que o fascismo funciona. A coordenação apropriada entre o governo e o capitalismo funciona.

A economia planejada para a N.O.M. é fascista; portanto, os capitães da indústria no Ocidente estão muito ansiosos para que esse novo sistema inicie, pois assim poderão obter lucros muito maiores. Este tempo agora chegou, pois a nova lei de socorro aos bancos estabelece uma economia fascista, uma vez que o governo federal possui agora um enorme poder financeiro e deterá participação nas empresas “resgatadas”.

[Nota: Para saber mais sobre este assunto, leia o artigo N2197, “A Economia Mundial Está Sendo Levada Para o Planejado Modelo Fascista”.].

Vamos agora examinar os detalhes específicos desse plano terrível, que entrega o controle de toda a economia americana nas mãos do secretário do Tesouro — sob o disfarce de “socorrer” a economia.

Resumo da Notícia: “O Presidente Bush Assina a Lei de Estabilização Econômica de Emergência de 2008?, Wikipedia, a Enciclopédia Livre.

“A Lei de Estabilização Econômica de Emergência de 2008, comumente chamada de Socorro ao Sistema Financeiro dos EUA, é uma legislação que autoriza o secretário do Tesouro a gastar até 700 bilhões de dólares para comprar ativos podres, especialmente títulos lastreados por hipotecas, dos bancos do país. A legislação foi proposta pelo presidente George W. Bush e pelo secretário do Tesouro, Henry Paulson, durante a crise de liquidez de 2008.”

Veja a lógica que está por trás dessa lei de socorro financeiro extremamente dispendiosa:

1) Estabilizar a economia: “Precisamos… evitar uma série contínua de quebras de instituições financeiras e dos mercados de crédito paralisado, que ameaça o bem-estar financeiros das famílias, a viabilidade das empresas, tanto pequenas quanto grandes, e a própria saúde da nossa economia.”;

2) Aumentar a liquidez: “Estes empréstimos ruins criaram uma reação em cadeia e, na semana passada, o mercado de crédito parou — até mesmo algumas empresas não financeiras tiveram dificuldades para financiar suas atividades empresariais normais.”;

3) Estratégia abrangente: “Precisamos agora tomar uma ação decisiva ainda maior para tratar de forma fundamental e abrangente a causa que está na raiz do problema.”;

4) Imediato e significativo: “Este programa de alívio dos ativos podres precisa ser planejado adequadamente para ter implementação imediata e ser grande o suficiente para produzir o máximo de impacto e restaurar a confiança do mercado.”;

5) Impacto amplo: “Este programa de aquisição de ativos podres é a coisa mais eficaz que podemos fazer para ajudar os mutuários, o povo americano e estimular nossa economia.”.

Com base na reação negativa imediata das Bolsas de Valores em todo o mundo, os investidores profissionais parecem acreditar que esse plano de socorro financeiro não alcançará os objetivos definidos anteriormente. Concordamos com essa avaliação, mas aconselhamos você a considerar que esses objetivos citados não são os propósitos reais do plano. A agenda oculta da legislação é começar a fazer a transição de uma economia capitalista, baseada na concorrência e na propriedade privada, para uma economia fascista, baseada no controle do governo sobre a propriedade privada.

Com base nesse critério, a economia dos EUA fez agora a transição para uma economia fascista.

O secretário do Tesouro Paulson não perdeu tempo em dar início ao processo de controlar os ativos financeiros fundamentais da economia americana:

Resumo da Notícia: “Tesouro Contratará Dez Firmas de Administração de Ativos Para Dar Partida ao Resgate”, Bloomberg Financial News, 4 de outubro de 2008.

“O secretário do Tesouro Henry Paulson contratará até dez empresas de gestão de ativos para ajudar os advogados e banqueiros que está recrutando para iniciar o novo programa de 700 bilhões de dólares de resgate aos bancos. O Tesouro começou a implementar o plano uma hora após o Congresso dar a Paulson os poderes que ele desejava para lidar com a crise financeira. Paulson está tentando montar uma equipe para determinar quais títulos tóxicos enfocar, como avaliá-los e como comprá-los.”

Paulson deu o pontapé inicial nesse plano tão depressa que você precisa imaginar se ele já tinha tudo planejado com anos de antecedência. De fato, um contador experiente fez alusão a esse planejamento prévio detalhado:

“Isto é algo que, para uma típica empresa, levaria pelo menos cinco anos’, disse Lynn Turner, um ex-chefe de contabilidade na Comissão de Títulos e Valores Mobiliários (NT: Nos EUA, esse órgão é chamado de Securities and Exchange Commission, ou SEC). ‘Qualquer pessoa que pense que seja possível fazer isso em duas semanas é louco.’”

Até mesmo o bilionário Warren Buffett está entrando em cena:

“Warren Buffett, o bilionário que gastou 8 bilhões de dólares nas duas últimas semanas para comprar participações acionárias na General Electric e no banco Goldman Sachs, também tem oferecido suas opiniões… ‘A qualquer tempo posso ser útil ao governo, dando conselhos — Na verdade já dei um pequeno conselho’, Buffett disse em uma entrevista em San Diego a Charlie Rose, da emissora PBS, em 1 de outubro.”

Que poderes essa lei dá ao governo federal?

A Lei de Estabilização Econômica de Emergência de 2008 dá a Paulson, 530, autoridade imediata para comprar até 250 bilhões de dólares em ativos podres de bancos e outras instituições financeiras. A Casa Branca poderá expandir o programa em mais 100 bilhões e o Tesouro poderá ter acesso aos 350 bilhões restantes fazendo consultas ao Congresso… O plano permite que os representantes do Tesouro ‘intervenham muito rapidamente quando quiserem”, disse Vincent Reinhart, um acadêmico residente no American Enterprise Institute, em Washington, e ex-diretor da Divisão de Assuntos Monetários, do Federal Reserve. Ele prevê que o Tesouro ‘atuará nos mercados primeiro’, possivelmente trabalhando por meio do Fed.”

Não se deixe enganar: O governo federal é agora o gorila de 330 kg no mercado financeiro e não será ignorado! Além disso, a economia nunca mais será a mesma. Agora que o governo possui participação nas empresas que está “resgatando”, a economia será tão controlada quanto a fascista economia japonesa.

Como dissemos anteriormente, a economia fascista funciona quase tão bem quanto o capitalismo em criar e difundir a riqueza. Tudo o que você precisa fazer para compreender isso, é observar o desempenho da economia japonesa desde a Segunda Guerra Mundial. Quando abaixar a poeira levantada pelo furor pelo deliberado assassinato do sistema capitalista, a nova economia fascista deslanchará de forma muito boa!

A Crise Está Planejada Para se Espalhar Por Todo o Mundo

Resumo da Notícia: “Líderes Europeus Prometem Continuar com o Socorro Financeiro”, Bloomberg Financial News, 5 de outubro de 2008.

Resumo da Notícia: “Governo dos EUA Recomenda Ação Global nas Crises do Crédito”, Reuters News, 6 de outubro de 2008.

Resumo da Notícia: “Agenda Global: ‘Dias de Pavor’ Para a Economia Mundial”, The Jerusalem Post, 6 de outubro de 2008.

Resumo da Notícia: “Alemanha Garante Depósitos Para Evitar o Pânico”, Financial Times, 6 de outubro de 2008.

Resumo da Notícia: “Governo Alemão e Bancos Concordam com o Socorro de 69 Bilhões Para o Hypo Real Estate AG”, Excite News, 6 de outubro de 2008.

Resumo da Notícia: “Governo Dinamarquês Garante os Depósitos Bancários”, Irish Times, 6 de outubro de 2008.

Resumo da Notícia: “Economia da Islândia Fica à Beira do Abismo com Incertezas Sobre Banco”, Sydney Morning Herald, 6 de outubro de 2008.

Como você pode ver a partir dessas manchetes, a planejada crise financeira que engolfou o mercado americano está agora indo para o exterior. A agenda final nos países desenvolvidos é a mesma que nos EUA: enterrar o sistema capitalista baseado na concorrência para que o planejado sistema fascista baseado em regulações do governo possa ser estabelecido.

A economia global que servirá ao Anticristo é o modelo fascista, de modo que é emocionante ver isso se tornar realidade. Lembre-se que não haverá um colapso econômico antes do início da Terceira Guerra Mundial que tem o objetivo de colocar o Anticristo no cenário internacional. Entretanto, os líderes mundiais levarão a economia para a beira do desastre antes de mudarem o rumo.

Somente esse tipo de desastre aparentemente iminente é que permitirá aos Illuminati erigirem o planejado sistema econômico que servirá ao Anticristo.

Não é emocionante ver o cenário ser preparado para o cumprimento das profecias do Apocalipse?