Igreja é incendiada na Índia; pastor sofre queimaduras graves

A igreja Memorial Gypsy, em Andhra Pradesh, na Índia, foi atacada por um grupo de radicais hindus que atearam fogo ao prédio. Foi o que informou a agência International Christian Concern (ICC). O pastor da igreja, Kumara Nayak, sofreu queimaduras de terceiro grau por todo o corpo enquanto tentava conter as chamas.

 

Segundo o site “Portas Abertas”, o incêndio destruiu a mobília da igreja, os tapetes, fios elétricos, ventiladores, o púlpito, harpas cristãs, livros de oração e Bíblias. O prejuízo foi calculado em 35 mil rúpias (moeda local), cerca de R$ 1,4 mil.

Os cristãos da área registraram queixa. Lakhsmi Kandh Reddy, inspetor da delegacia Pahadi Sharif, afirmou que a polícia estava investigando os grupos envolvidos no crime, e que as providências cabíveis serão tomadas.