Malásia, manifestantes explodiram coquetel

Manifestantes explodiram um coquetel inflamável nos escritórios de uma igreja cristã em Kuala Lumpur, na capital da Malásia. Carros também foram atingidos, mas não houve feridos. Outros três templos na cidade também foram atacados no mesmo dia.

O protesto aconteceu por causa da decisão tomada pelo governo que permite aos cristãos utilizar a palavra “Alá” para fazer referência a Deus. De acordo com o site “Portas Abertas”, a ação foi organizada por 58 ONGs muçulmanas e teve como objetivo pressionar as autoridades do país.