Nigéria- Violência religiosa na Nigéria deixa duzentos mortos, diz ONG

Um conflito religioso envolvendo cristãos e muçulmanos provocou a morte de 200 pessoas no interior da Nigéria. A informação foi divulgada nesta quarta-feira pela organização humanitária Human Right Watch.

O choque está acontecendo desde domingo na cidade de Jos, na região central do país. Há relatos de casas, igrejas e mesquitas destruídas. Pelo menos três mil pessoas já foram forçadas a deixar suas residências. O presidente interino da Nigéria, Goodluck Jonathan, determinou a presença de militares na cidade para reestabelecer a ordem.

O chefe titular de Estado, Umaru Yar’Adua, está na Arábia Saudita para tratamento de saúde. A Nigéria é um país africano profundamente dividido pela religião: o sul é majoritariamente muçulmano, enquanto o norte tem maioria cristã.

Fonte: Redação SRZD