Campanhas da cura, libertação, prosperidade e salvação

Permeia em nosso ambiente “pentecostal” um novo seguimento, uma nova forma de Deus “abençoar” o seu povo. Não posso dizer precisamente da onde ele surgiu e em que ano, mas posso dizer que as nossas igrejas estão inflamadas dessa nova onda chamada Campanhas.

É campanha dos Sete Mergulhos de Naamã (baseado no texto de 2 Rs 5.14), campanha da Carta de Afronta (baseada no texto de 2 Cr 32.17,20), campanha do Derrubar do Gigante (baseada no texto de 1 Sm 17.49), campanha do Derrubar as Muralhas de Jericó (baseada no texto de Js 6.20), campanha do Abrir o Mar Vermelho (baseada no texto de Ex 14.15-31), campanha da Multiplicação do Azeite (baseada no texto de 2 Rs 4.4-6), campanha do Agitar das águas (baseada no texto de Jo 5. 5-8), campanha do Poço Fundo (baseado no texto de Jo 4.11). São campanhas para todos os gostos, para todos os tipos de crentes, para todas as idades.

Se você caro amigo não sabe, existe muitos crentes supersticiosos, muitos crentes que usam tais campanhas supracitadas como um amuleto. Só vão para a igreja no interesse se serem abençoados através dessas campanhas tolas e fúteis que não tem o poder de abençoar e muito menos de edificar algum crente. Ademais existem lideres que impõem um terror psicológico nos fiéis, eles dizem que se você não concluir a campanha que você começou, Deus vai te cobrar, Deus vai te provar, Deus não vai mais te querer como seu filho e é até arriscado você perder sua salvação.

Na verdade, o povo Brasileiro (incluindo os crentes) sempre foram supersticiosos, sempre acreditaram em horóscopo, predições de tais gurus espírituais, sempre acreditaram na numerologia, etc… e quase nunca acreditam nas Santas Escrituras que nunca Falham ( Is 34.16).

Essas campanhas tem deixado muitos crentes acomodados. Os crentes não querem mais sofrer pela causa de Cristo, não querem esperar mais o tempo de Deus, não querem orar, pedir, suplicar, buscar a Deus em sua Palavra. Porque tudo isso se eu posso fazer uma campanha de sete dias e na próxima semana Deus me abençoar? Que insensibilidade!

Você que é líder de algum departamento em sua igreja, ou faz parte do ministério, ou é pastor presidente, ou dirigente de congregação, coloca uma Campanha de Ensino da Palavra, ou então uma Campanha de Oração para vê se vem alguém. Não vai aparecer nem uma sequer alma viva. Agora, coloca algumas daquelas campanhas que eu citei lá emcima para vê se sua igreja não vai lotar de pessoas.

Campanhas não salva ninguém, o que salva é o Senhor Jesus Cristo através da exposição da palavra junto com o Espírito Santo Lc 19.10 ; Campanhas não libertam ninguém, o que liberta é a Palavra Jo 8.32; Campanhas não santificam ninguém, o que santifica é a Palavra “Santifica-os na verdade, a tua Palavra é verdade”; Campanhas não garante vitórias a ninguém, o que garante a vitória é a morte e ressurreição do Senhor Jesus Cristo 1 Co 15.57.

Agora caro irmão, aprenda que Deus não precisa de métodos humanos e fictícios para poder abençoar você, Ele pode abençoa-lo quando quiser, a hora que quiser sem requerer que você faça uma Campanha. Pois Deus nos abençoa por sua infinita Graça e Misericórdia, não porque nós somos alguma coisa.

Thiago Rabello

Fonte: Transmitindocristo / Profetico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.