Os ímpios mudarão de perecer

E eles esperavam que viesse a inchar ou a cair morto de repente; mas tendo esperado já muito e vendo que nenhum incômodo lhe sobrevinha, mudando de parecer, diziam que era um deus (Atos 28.6).

 

Coitado de quem vive segundo as orientações dos ímpios. Eles podem até esperar o que quiserem, mas, contra o filho de Deus, que conhece os seus direitos, nada vai acontecer. Paulo sabia que, onde quer que ele estivesse, ali estaria o poder do Senhor. Sendo assim, quando a serpente picou sua mão, ele não se desesperou, mas colocou o animal no fogo. Porém, ao verem o apóstolo ser picado por uma víbora, logo os ímpios o consideraram um criminoso, afinal, segundo disseram, mesmo que, anteriormente, ele tivesse escapado do mar, a justiça divina não o deixaria viver.

Todo juízo feito por alguém que não pertence à família divina ou não esteja vivendo de acordo com as Escrituras é deturpado. Um dos grandes erros dos ímpios – além de não se sujeitarem a Deus e, por essa razão, estarem perdidos – é esperarem que coisas más aconteçam. Quem crê em suas palavras ou ameaças se deixa levar pelas forças das trevas e, por causa disso, ocorrem situações absurdas. Por outro lado, para quem conhece sua posição em Cristo, nada de ruim irá suceder (Provérbios 12.7,21), pois o Senhor prometeu nunca o abandonar.

O apóstolo sabia muito bem que Deus jamais iria deixá-lo. Por isso, não deu a mínima para a víbora que o picou. Com a maior calma, ele a levou à fogueira e esperou até que ela não aguentasse o fogo e, enfim, soltasse a sua mão.

Antes, aqueles perdidos achavam que o apóstolo era um criminoso e que, portanto, a serpente estava cumprindo uma missão outorgada pela justiça divina. Mas, como esse servo do Senhor não inchou nem caiu morto, eles mudaram de opinião: passaram a dizer que Paulo era um deus.

Não creia no que os ímpios dizem sobre você, pois mudarão de parecer. O conceito que tinham a respeito do apóstolo mudou rapidamente. Isso prova que nunca devemos confiar no que dizem de nós. Seja sempre um servo do Altíssimo, e as coisas mudarão para você. Os perdidos vivem enganados em suas crendices (Efésios 4.17-19), e quem os seguir ficará como “barata tonta”, sem saber aonde ir. Para esses, que não falam nem procedem de acordo com a Palavra do Senhor, não há luz. Só quem tem fé genuína no Filho de Deus e está debaixo da unção divina pode emitir um julgamento.

Da mesma forma que agiu o apóstolo diante daquela situação, leve você também ao fogo a “serpente” que o mordeu e não se desespere nem se irrite com o que os perdidos dizem sobre sua vida. Como nada de mal lhe acontecerá, os ímpios mudarão o conceito que fizeram de sua pessoa.

Em Cristo, com amor,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.