O Namoro Cristão – Sua felicidade no casamento começa no namoro

É muito importante e necessário meditarmos sobre o assunto aqui proposto. Como cristãos devemos buscar na bíblia, o que Deus nos fala a respeito do namoro, ou como muitos dizem hoje “ficar”.

Mas algum incauto pode estar se perguntando ? Mas a bíblia fala desse assunto ?

Sim, fala desse assunto e de todos os outros assuntos que nós podemos imaginar.

Para começar a bíblia trata dos princípios de todas as coisas, por isso se determinados assuntos ou ideologias não são mencionados explicitamente na bíblia, precisamos buscar os princípios de Deus na palavra, e aplicarmos ao assunto em questão. Como somos o povo de Deus, não estamos perdidos nem desorientados a respeito da vontade de Deus para as nossas vidas. É importante compreendermos quem somos, o que estamos fazendo aqui, e para onde vamos! A esta indagação já temos resposta:

Somos salvos em Cristo Jesus e lavados com o seu sangue, estamos aqui para glorificar o nome do Senhor através de nossas vidas, e iremos um dia morar com Jesus na gloria eterna.

Quando olhamos para o mundo sem Deus e presenciamos a forma como os jovens se relacionam, é de entristecer, principalmente quando a questão é namoro. Vemos claramente a falta de propósito nestes relacionamentos, onde os jovens tem procurado somente o prazer da carne com a auto satisfação com algum entretenimento.

Namoram porque todo mundo namora.

Muitas vezes há uma pressão dos amigos, da família, cobrando que o jovem namore. É triste, pois a maioria desses namoros acabam trazendo magoas, causando feridas na alma no coração, acabam com o prazer de ser jovem trazendo uma gravidez e o pior, quando acabam com final trágico. Esta cultura mundana está invadindo as igrejas com muita sutileza, onde nem os jovens, nem os mais experientes estão percebendo.

É muito triste constatar tal situação, onde o inimigo de nossas almas tem encontrado uma porta aberta para nos enganar. Temos observado que a pratica do namoro ou “ficar” entre os jovens cristãos não se difere mais do namoro dos jovens do mundo. Gostaria de dizer que ficar de verdade somente com Cristo e nada mais.

Não podemos aceitar um namoro onde :

  1. Não há propósito ( namorar porque todo mundo namora);·
  2. Entre adolescentes (quando estão numa época de amizades, estudos, crescimento etc.);·
  3. Aonde começa a faltar o respeito de cristão aos pais;·
  4. Aonde começa a imoralidade ( começam a se agarrar em qualquer lugar, se amassam na frente de todos sem pudor nenhum);·
  5. Onde um cristão começa a namorar um incrédulo ( jugo desigual).

O namoro em si, fora dos padrões de Deus, tem como finalidade a auto – satisfação, e quando esse relacionamento não satisfaz mais, ocorre o abandono, deixando suas marcas.

AO JOVEM CRISTÃO COMPETE:

  1. Rejeitar toda cultura mundana em relação ao namoro;
  2. Não se deixar levar por sentimentos. Deixe os sentimentos de molho. O que é de Deus permanece.
  3. Confiar que Deus tem o controle de todas as coisas. Não se apavorar, não Ter medo de renunciar; lembre-se que você é especial, reservado para alguém especial, para a hora certa.
  4. Honre seus pais, pois eles são instrumentos de Deus para abençoar e proteger os filhos. Desejar a bênção e a aprovação dos pais é uma prova de que temos confiança em Deus.
  5. Rejeite se envolver com pessoa (ainda que seja membro da igreja) que não de testemunho e frutos de um verdadeiro cristão que tem uma vida temente a Deus.
  6. Colocar-se nas mãos de Deus e rejeitando o que o mundo tem oferecido. Lembre-se, você não é qualquer um. Temos na bíblia os princípios de santidade, honra aos pais, pro pósito de Deus para nossas vidas, temor a Deus, glorificar a Deus em tudo o que fizermos.

“se você se casar com um sapo, vai viver com sapo e vice – versa”

Observe estes princípios e você vera que não é possível nos envolvermos com namoros levianos. Quando alguém diz que quer uma princesa, não deve se esquecer que a princesa também quer um príncipe. Não acredite na historia de que sapo vira príncipe, pois isso não acontece, se você se casar com um sapo, vai viver com sapo e vice – versa. Proponha no seu coração obedecer a Deus, obedecer seus pais obedecer a sua Igreja, obedecer ao seu Pastor, e nos demais Deus o fará.

OS DEZ MANDAMENTOS DO NAMORO CRISTÃO

O namoro é uma fase muito bonita. É definida como o ato de galantear, cortejar, procurar inspirar amor a alguém. No namoro cristão, deve ser uma convivência afetiva preliminar que amadureça e prepara o casal para o compromisso mais profundo. O contrario disso, longe dos princípios de Deus, pode resultar em uma experiência nociva e traumática.

Observe alguns princípios que ajudam a manter o seu namoro dentro do ponto de vista de Deus.

1º – NÃO NAMORE POR LAZER .

Namoro não é passatempo e o cristão deve encarar o namoro como uma etapa importante e básica para um relacionamento duradouro e feliz. Casamentos sólidos decorrem de namoros bem ajustados.

2º – NÃO SE PRENDA EM JUGO DESIGUAL.

Leia II corintios 6.14-18. Iniciar um namoro com alguém que não tem temor de Deus e não é uma nova criatura pode resultar em um casamento equivocado. E atenção, mesmo pessoas que freqüentam as igrejas evangélicas podem não ser verdadeiros (as) convertidos (as) ou não levam o relacionamento com Deus a sério.

3º – IMPONHA LIMITES NO RELACIONAMENTO.

O namoro moderno, segundo o ponto de vista dos incrédulos, está deformado e nele intimidade sexual ou práticas que levam a uma intimidade cada vez maior, são normais, mas o namoro do cristão não deve ser assim, e é o que nos leva ao próximo mandamento.

4º – DIGA NÃO AO SEXO.

Deus criou o sexo para ser praticado entre Homem e Mulher que se amam e têm entre si um compromisso permanente, ou melhor dizendo que estejam casados na presença de Deus e dos homens. É uma benção para ser desfrutada plenamente dentro do casamento, fora do casamento é considerado impureza.

5º – PROMOVA O DIÁLOGO EA COMUNICAÇÃO.

Conversar é essencial, estabeleça uma comunicação constante, franca e direta, e converse sobre todos os assuntos.

6º – CULTIVE O ROMANTISMO.

A convivência a dois deve ser marcada por gentileza, cordialidade e romantismo. Isso não é cafona, nem é coisa do passado e traz brilho ao relacionamento.

7º – MANTENHA A DIGNIDADE E O RESPEITO.

O namoro equilibrado tem um tratamento recíproco de dignidade, respeito e valorização. O respeito é imprescindível para um compromisso respeitoso e duradouro. Desrespeito é falta de amor no coração.

8º – PRATIQUE A FIDELIDADE.

Infidelidade no namoro leva à infidelidade no casamento. Fidelidade é elemento imprescindível em qualquer tipo de relacionamento coerente à vontade de Deus, que abomina a leviandade.

9º – ASSUMA PUBLICAMENTE SEU RELACIONAMENTO.

Uma pessoa madura e coerente com a vontade de Deus não precisa e nem deve lutar contra seus sentimentos ou esconde-los.

10º – FORME UM TRIANGULO AMOROSO.

Namoro realmente cristão só é bom a três ! O casal e Deus. Deus deve ser o centro e o objetivo do namoro. Deixe Deus orientar e consolidar seu namoro, viva integralmente as bênçãos que Deus tem para você através do namoro e seja feliz.

  • O meu amado é para mim um ramalhete de mirra; morará entre os meus seios. Como um ramalhete de hena nas vinhas de En- Gedi, é para mim o meu amado. ( Ct 1.13-14 ).
  • Como és formosa, amada minha ! Como és formosa! Os teus olhos são como os das pombas, e brilham através do teu véu. O teu cabelo é como o rebanho de cabras que pastam no monte de Gileade. Os teus seios são como dois filhos gêmeos da gazela, que se apascentam entre os lírios. ( Ct 4.1 –5 ).

Como podemos ver, a bíblia esta repleta de declarações de amor, pratique o amor de cristo em todos os momentos da vida.

Pr. Paulo Mori – Bacharel Teologia – Licenciado Pedagogia – Filosofia; Pós Graduado Docência do Ensino Superior; Técnico Eletrônico / Profetico