O vida do Apóstolo João e sua primeira Carta

No novo testamento a Bíblia menciona pelo menos cinco João. Lucas 1: 13 – Mas o anjo lhe disse: – Não tenha medo, Zacarias, pois Deus ouviu a sua oração! A sua esposa vai ter um filho, e você porá nele o nome de João.

1- João Batista

Havia um Sacerdote chamado Zacarias, este homem era casado com Isabel que também era da linhagem de Sacerdotes (pois era descendente de Arão). O casal não tinha filhos, pois Isabel era estéril e ambos já eram de idade avançada. Certo dia Zacarias foi escolhido para queimar incenso no altar dentro do Templo foi quando o anjo lhe apareceu do lado direito em frente ao altar e lhe disse:

Lucas 1: 14 – O nascimento dele vai trazer alegria e felicidade para você e para muita gente, 15pois para o Senhor Deus ele será um grande homem. Ele não deverá beber vinho nem cerveja. Ele será cheio do Espírito Santo desde o nascimento 16e levará muitos israelitas ao Senhor, o Deus de Israel. 17Ele será mandado por Deus como mensageiro e será forte e poderoso como o profeta Elias. Ele fará com que pais e filhos façam as pazes e que os desobedientes voltem a andar no caminho direito. E conseguirá preparar o povo de Israel para a vinda do Senhor.

João 3:30 – É necessário que ele cresça e que eu diminua. – João Batista foi o ultimo dos Profetas do Antigo Testamento. O inicio do ministério de Jesus marcava o final do ministério de Joao.

2- João, Pai de André e de Simão

Era pescador e vivia na região da Galiléia. – João 1:42Então André levou o seu irmão a Jesus. Jesus olhou para Simão e disse: -Você é Simão, filho de João, mas de agora em diante o seu nome será Cefas. (“Cefas” é o mesmo que “Pedro” e quer dizer “pedra

3- João, pertencente à Família do Grande Sumo Sacerdote Anás

Ele participou da interrogação dos Apóstolos Pedro e João após eles terem curado um coxo na Porta chamada Formosa.

Atos 4:6 – Nessa reunião estavam também Anás, que era o Grande

Sacerdote, Caifás, João, Alexandre e os outros que eram da família do Grande Sacerdote.

4- João Marcos, Filho de Maria

Atos 12: 12 – Quando Pedro entendeu o que havia acontecido, foi para a casa de Maria, a mãe de João Marcos. Muitas pessoas estavam reunidas ali, orando.

Nessa época muitas pessoas tinham dois nomes onde um era de Origem Hebraica e outro de Origem Romana. O nome João que quer dizer “Deus é Gracioso” é de Origem Hebraica e o nome Marcos (nome pelo qual ele é mais conhecido) que significa “Grande Martelo” é de origem Romana.

Na casa de João eram realizadas constantemente reuniões entre os crentes da época e o fato de a bíblia não fazer menção de seu Pai da a entender que já havia falecido. João Marcos ajudava constantemente nas Obras da Igreja. Atos 13:5.

João Apóstolo

Seu Nome DEFINIÇÃO – João, palavra que em Hebraico significa “Deus é Gracioso”.

João também era chamado por Jesus de Boanerges que quer dizer “Filhos do Trovão” Marcos 3: 17 – Tiago e João, filhos de Zebedeu (a estes ele deu o nome de Boanerges, que quer dizer “Filhos do Trovão”) Sua família e profissão

Seu Pai e irmão – Seu pai Zebedeu e seu irmão Thiago – Mateus 4:21a – Um pouco mais adiante Jesus viu outros dois irmãos, Tiago e João, filhos de Zebedeu.

Sua Mãe – Salomé – Mateus 27: 56Entre elas estavam Maria Madalena; Maria, a mãe de Tiago e de José; e a mãe dos filhos de Zebedeu – Marcos 16:1Depois que terminou o sábado, Maria Madalena, Salomé e Maria, a mãe de Tiago, compraram perfumes para perfumar o corpo de Jesus.

Sua profissão – Pescador, provavelmente herdada e ensinada pelo seu pai Zebedeu, pois este também era um pescador – Mateus 4:21 – Um pouco mais adiante Jesus viu outros dois irmãos, Tiago e João, filhos de Zebedeu. Eles estavam no barco junto com o pai, consertando as redes.

Seus amigos

João era muito amigo de Simão Pedro e de André. Antes de Jesus os chamar eles já se conheciam e eram amigos de Profissão.

Lucas 5:10 – Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram companheiros de Simão, também ficaram muito admirados. …

João era discípulo de João Batista

João 1:35-37,40 – 35No dia seguinte, João estava outra vez ali com dois dos seus discípulos. 36Quando viu Jesus passar, disse: – Aí está o Cordeiro de Deus! 37Quando os dois discípulos de João ouviram isso, saíram seguindo Jesus…. 40André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois homens que tinham ouvido João falar a respeito de Jesus e por isso o haviam seguido.

Apesar das escrituras não mencionar nesta passagem explicitamente o nome de João, quase que unanimemente todos os teólogos afirmam que era João, filho de Zebedeu o outro discípulo. A atribuição a ele se da ao fato de que somente no evangelho de João é que vemos detalhadamente a passagem do convite e a visita dos dois discípulos na casa de Jesus, um dos discípulos era André e o outro João que relatou em seu evangelho o acontecimento.

João começa a seguir Jesus – o primeiro contato

João Batista reconhecia que Jesus Cristo era o messias filho de Deus, e deu instruções para que seus discípulos o seguissem.

João 3:22-36 – 30Ele tem de ficar cada vez mais importante, e eu, menos importante.

Neste primeiro contato João foi até a casa de Jesus para conhecê-la e passou a tarde inteira ouvindo a Jesus.

João 1:38-39 – 38Então Jesus olhou para trás, viu que eles o seguiam e perguntou: – O que é que vocês estão procurando? Eles perguntaram: – Rabi, onde é que o senhor mora? (“Rabi” quer dizer “mestre”.)

39– Venham ver! – disse Jesus. Então eles foram, viram onde Jesus estava morando e ficou com ele o resto daquele dia. Isso aconteceu mais ou menos às quatro horas da tarde.

Jesus chama João para ser seu Discípulo e futuramente escolhido com um dos 12 apóstolos

Mateus 4:21-22 – 21Um pouco mais adiante Jesus viu outros dois irmãos, Tiago e João, filhos de Zebedeu. Eles estavam no barco junto com o pai, consertando as redes. Jesus chamou os dois, 22e, no mesmo instante, eles deixaram o pai e o barco e foram com ele.

Mateus 10:2 – São estes os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e o seu irmão André; Tiago e o seu irmão João, filhos de Zebedeu

Principais Características do Apóstolo João

Tinha um relacionamento profundo e pessoal com João

João, juntamente com Pedro e Thiago, foi escolhido especialmente para estar com ele em numerosas situações muito significativas.

Marcos 1:29, Mateus 5:37, Lucas 9:28-29, Marcos 14:33

João sempre esteve mais próximo de Jesus e ele conheceu a sua glória. É no Evangelho de João que vemos categoricamente que Jesus Cristo era o Messias, filho de Deus, o Evangelho provoca sérias reflexões sobre quem é Jesus, a natureza divina e eterna. Provavelmente a Preexistência de Cristo é muito mais explicada nos Escritos de João do que qualquer outro livro do Novo Testamento.João 1

Sua intimidade com o mestre começou na ocasião em que Jesus os chamou para conhecerem sua casa

João 1:38-39 – 38Então Jesus olhou para trás, viu que eles o seguiam e perguntou: – O que é que vocês estão procurando? Eles perguntaram: – Rabi, onde é que o senhor mora? (“Rabi” quer dizer “mestre”.) 39– Venham ver! – disse Jesus. Então eles foram, viram onde Jesus estava morando e ficaram com ele o resto daquele dia. Isso aconteceu mais ou menos às quatro horas da tarde.

Quantas coisas os discípulos teriam ouvido e aprendido com Jesus disse nessa ocasião. Talvez Jesus teria explicado para eles sua natureza e sua obra aqui na terra.

João presencia pessoalmente os primeiros milagres de Jesus

Marcos 1:29-31 – 29Logo depois, Jesus, Simão, André, Tiago e João saíram da sinagoga e foram até a casa de Simão e de André. 30A sogra de Simão estava de cama, com febre. Assim que Jesus chegou, contaram a ele que ela estava doente. 31Ele chegou perto dela, segurou a mão dela e ajudou-a a se levantar. A febre saiu da mulher, e ela começou a cuidar deles.

João presencia pessoalmente o milagre da ressurreição

Marcos 5:35-42 – 35Jesus ainda estava falando, quando chegaram alguns empregados da casa de Jairo e disseram: – Seu Jairo, a menina já morreu. Não aborreça mais o Mestre. 36Mas Jesus não se importou com a notícia e disse a Jairo: – Não tenha medo; tenha fé! 37Jesus deixou que fossem com ele Pedro e os irmãos Tiago e João, e ninguém mais. 38Quando entraram na casa de Jairo, Jesus encontrou ali uma confusão geral, com todos chorando alto e gritando. 39Então ele disse: – Por que tanto choro e tanta confusão? A menina não morreu; ela está dormindo. 40Então eles começaram a caçoar dele. Mas Jesus mandou que todos saíssem e, junto com os três discípulos e os pais da menina, entrou no quarto onde ela estava. 41Pegou-a pela mão e disse: – “Talitá cumi!” (Isto quer dizer: “Menina, eu digo a você: Levante-se!”) 42No mesmo instante, a menina, que tinha doze anos, levantou-se e começou a andar. E todos ficaram muito admirados. 43Então Jesus ordenou que de jeito nenhum espalhassem a notícia dessa cura. E mandou que dessem comida à menina.

João no monte onde ocorreu a Transfiguração de Jesus

Mateus 17:1-3, 5 – 1Seis dias depois, Jesus foi para um monte alto, levando consigo somente Pedro e os irmãos Tiago e João. 2Ali, eles viram a aparência de Jesus mudar: o seu rosto ficou brilhante como o sol, e as suas roupas ficaram brancas como a luz. 3E os três discípulos viram Moisés e Elias conversando com Jesus. 5Enquanto Pedro estava falando, uma nuvem brilhante os cobriu, e dela veio uma voz, que disse:

– Este é o meu Filho querido, que me dá muita alegria. Escutem o que ele diz!

No monte da transfiguração João testemunhou uma revelação da Glória de Cristo e ouviu o próprio Deus dizer que Jesus era o seu filho do qual os profetas falaram que iria vir a terra para a salvação: – Este é o meu Filho querido, que me dá muita alegria.

O Impetuoso João

João foi chamado por Jesus de Boanerges que quer dizer “Filhos do Trovão”. Esse apelido não era por acaso pois João tinha atitudes impetuosas.

Em suas cartas vemos um João amoroso, porem, no inicio quando João conheceu a Jesus ele era Impetuoso. Veja algumas ocasiões relatadas na bíblia que mostram o temperamento de João.

João foi duro ao proibir uma pessoa que estava usando o nome de Jesus para expulsar demônios

Marcos 9:38 – 38João disse: – Mestre, vimos um homem que expulsa demônios pelo poder do nome do senhor, mas nós o proibimos de fazer isso porque ele não é do nosso grupo.

João e Thiago foram impetuosos ao pedir para Jesus que assentassem ao seu lado após sua ressurreição

Marcos 10:37 – 37Eles responderam: – Quando o senhor sentar-se no trono do seu Reino glorioso, deixe que um de nós se sente à sua direita, e o outro, à sua esquerda.

João foi extremamente cruel ao desejar que os samaritanos fossem destruídos com fogo assim como aconteceu com Elias

Lucas 9:54 – Quando os seus discípulos Tiago e João viram isso, disseram: – O senhor quer que a gente mande descer fogo do céu para acabar com estas pessoas?

João compartilhou dos momentos mais difíceis de Jesus

Marcos 14:33-34 – 33Então Jesus foi, levando consigo Pedro, Tiago e João. Aí ele começou a sentir uma grande tristeza e aflição 34e disse a eles: – A tristeza que estou sentindo é tão grande, que é capaz de me matar. Fiquem aqui vigiando.

João ficou perto de Jesus durante todo o tempo de sua crucificação

João 19:26-28 – 26Quando Jesus viu a sua mãe e perto dela o discípulo que ele amava, disse a ela: – Este é o seu filho. 27Em seguida disse a ele: – Esta é a sua mãe. E esse discípulo levou a mãe de Jesus para morar dali em diante na casa dele. 28Agora Jesus sabia que tudo estava completado. Então, para que se cumprisse o que dizem as Escrituras Sagradas, disse: – Estou com sede!

Três dias após o sepultamento foi à procura do corpo do Mestre

João 20:2 – Então foi correndo até o lugar onde estavam Simão Pedro e outro discípulo, aquele que Jesus amava, e disse: – Tiraram o Senhor Jesus do túmulo, e não sabemos onde o puseram!

Considerações gerais sobre a primeira carta de João

No estudo da Teologia a primeira carta de João entra na área da Cristologia, pois há ensinamentos profundos sobre a encarnação do Filho de Deus e a sua Preexistência eterna, ponto central da discussão com os gnósticos.

A primeira carta de João foi dirigida ao igreja em geral uma vez a carta não contém em seu início e final saudações assim como eram as cartas paulinas.

O Apóstolo do Amor

Após três anos andando e aprendendo com Jesus, João chamado por Jesus de Boanerges que quer dizer “Filho do Trovão” pelo seu temperamento impetuoso, foi transformado no Apóstolo do Amor. Veja que nas cartas Joaninas, João se dirige aos cristãos como “Meus Filhinhos” e “Amados”.

Os temas abordados por João em sua I Carta:

  • 1- Sua experiência pessoal acerca de Jesus – I João 1:1-4
  • 2- Vivendo como filhos da Luz – I João 1:5-7
  • 3- O cristão deve evitar o pecado e o perdão divino – I João 1:8-10, 2:1-2
  • 4- Viver como filhos de Deus em Obediência e Amor – I João 2:3-17
  • 5- Alerta acerca do Anti-Cristo e todos aqueles que Negam que Jesus é o Cristo, filho de Deus – João 2:18-29
  • 6- A natureza do pecado e o Amor de Deus – I João 3:1-24
  • 7- Alerta acerca dos Falsos Profetas, anti-cristo, aquele que diz que Jesus Cristo não veio em carne – I João 4:1-6
  • 8- O Amor e suas características – I João 4:7-21
  • 9- A Fé em Jesus e a nossa vitória – I João 5:1-13
  • 10- A eficácia da Oração – I João 5:14-21

Autor: Diácono Fábio Batista

Material de Apoio:

  • Revista escola dominical 3º trimestre 2009 CPAD
  • Quem é quem na Bíblia Sagrada
  • Biblia Sagrada NTLH
  • Biblia em Ordem Cronológica
  • Enciclopédia da Vida de Jesus