Jesus foi criado por Deus? Jesus é Deus? Trindade

Existem várias controvérsias e duvidas a respeito dos seguintes versículos: Provérbios 8:22 – Apocalipse 3:14 – Colossenses 1:15. Veja neste estudo a explicação.

  • “O Senhor me criou como a primeira das suas obras, o princípio dos seus feitos mais antigos.” – Provérbios 8:22
  • “Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:” Apocalipse 3:14
  • “o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;” Colossenses 1:15

Afirmar que Jesus foi criado por Deus não é nenhuma novidade. Essa afirmação se iniciou no século III através do presbítero cristão de Alexandria Ário que foi o fundador do Arianismo. Inicialmente vamos dar uma olhada nos primeiros versículos do Evangelho de João.

  • No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus – João 1:1

Aqui temos uma das maiores revelações da divindade e preexistência de Jesus Cristo. Na Nova Versão Internacional vemos o seguinte:

  • No principio era aquele que é a Palavra. – João 1:1

Verbo = Palavra, Palavra = Verbo

No principio já existia aquele que é a Palavra. Ora, a “Palavra” aqui mencionada era o Próprio Jesus Cristo! Veja o que diz em 1ºJoão 5:7

  • Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um. – 1ºJoão 5:7
  • 1:1…Ele estava com Deus, e era Deus – João 1:1

A palavra era Deus, estava com Deus no princípio sem princípio. Princípio sem principio é o mesmo que Eterno, a definição da palavra eterno é: “algo que não tem inicio e nem fim”. Podemos então afirmar que a Palavra sempre existiu com Deus.

  • Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso. – Apocalipse 1:8

Ele e a Palavra possui a mesma natureza divina, a mesma grandeza, sabedoria, poder, bondade e santidade porém com uma atividade distinta, a de salvar a humanidade.

A Palavra era o PRÓPRIO DEUS.

  1. A Palavra é eterna
  2. A Palavra é o Principio
  3. A Palavra estava no Principio
  4. A Palavra estava com Deus no Principio
  5. A Palavra era Deus
  • Ele estava no princípio com Deus. – João 1:3

Vamos examinar agora v 1:3

  • Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. – João 1:3

Ora, afirmar que Jesus foi criado por Deus contradiz o que diz neste versículo. Se todas as coisas feitas por ele (a Palavra), e sem ele (a Palavra) nada do que foi feito se fez como podemos afirmar que Jesus foi criado por Deus sendo que foi por Ele que tudo veio à existência?

Veja também na continuação desta matéria a explicação dos outros três versículos mencionados no início desta matéria, a saber: Colossenses 1:15, Provérbios 8:22 e Apocalipse 3:14


Jesus é criatura?

Uma das maiores heresias defendidas é a afirmação de que Jesus é um ser criado. Esta heresia surgiu no terceiro século de nossa era e foi defendida por Ário o qual afirmava que Jesus era um ser criado não da mesma substância e nem co-eterno com o Pai. Ário foi várias vezes censurado mas persistiu em sua heresia. Usam basicamente três versículos mal interpretados e arrancados do contexto para defender esta idéia. Irei expor cada um separadamente, demonstrando esses argumentos, e a resposta a eles.

  • Colossenses 1:15 “o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;”

Este versículo é usado para afirmar que Jesus foi o primeiro ser a ser criado por Jeová. Alegam que como Jesus é o primogênito de toda criação, ele é o primeiro a ser criado em toda a criação. Se nós analisarmos a fundo o versículo, concluiremos algo completamente diferente. Se o termo primogênito significa o primeiro a ser criado, então Jesus foi criado pela criação!

Por exemplo:

  • Felipe é o primogênito de Marcelo. Marcelo foi quem gerou Felipe.
  • João é o primogênito de Cláudio. Cláudio foi quem gerou João.
  • Jesus é o primogênito de toda criação. Toda a criação foi quem gerou Jesus.

Pode-se ver assim a inconsistência do argumento.

O Significado do versículo

Neste versículo, o termo primogênito significa herdeiro, e não primeiro a ser criado.

Jesus é o herdeiro de toda a criação, pois tudo foi criado por ele, e para ele (Cl 1:16).

Outro versículo usado é o seguinte:

  • Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: – Apocalipse 3:14

Bíblia Vozes ([BV]) “Princípio” = [grego: arkhé] não pode corretamente ser interpretado para significar que Jesus era o ‘principio’ da criação de Deus. Em seus escritos bíblicos, João usa diversas formas da palavra grega arkhé em mais de 20 passagens na bíblia, e estas sempre tem o significado comum de princípio. É uma mentira afirmar que João em seus escritos sempre usa arché com o sentido de “princípio”. Este princípio é mal interpretado por “a primeira coisa”, fazendo assim com que o texto de Ap 3:14 diga que Jesus foi o “primeiro a ser criado”.

Veja alguns sentidos empregados na bíblia para a palavra principio=arkhé

  1. Arkhé = um ponto inicial no tempo
    Ref.: (João 1:1; 8:44; 15:27; 16:4;).
  2. Arkhé = o primeiro de uma série.
    Só ocorre uma vez, em João 2:11.
  3. Arkhé = principados (Principados = do Lat. Principatu.s.m., dignidade de príncipe ou princesa; estado cujo soberano tem o título de príncipe;)
    Ref.: Rm 8:38, 1 Co 15:24; Cl 1:16, etc.
  4. Arkhé = Governadores (Tt 3:1).

A palavra Arkhé, quando se refere a pessoas, significa Governo, ou Soberano (Veja Tt 3:1).

Significado

Como Arkhé em Ap 3:14 refere-se a Jesus, este é o sentido desta palavra, Governo, ou Soberano.

Jesus é soberano sobre a criação, pois tudo foi feito por ele, e para ele (Cl 1:16-17).

Finalmente, utilizam outro versículo, completamente fora de contexto:

  • Provérbios 8:22. “O Senhor me criou como a primeira das suas obras, o princípio dos seus feitos mais antigos.”

Argumentam que Jesus é esta sabedoria. Dizem ainda que muitos peritos concordem com isto. Mas há vários motivos para que esta “tese” seja refutada. Em primeiro lugar, esta sabedoria não se refere a Cristo. A sabedoria é personificada no livro de provérbios do capítulo 1 ao 9. Se nós observarmos bem (e não arrancar o versículo de seu contexto), veremos que esta mesma sabedoria habita com a prudência. Se a sabedoria é Jesus, quem é a prudência, que mora com ele (Pv 8:12)? Jesus é uma mulher que grita nas ruas e nas praças (Pv 1:20-21)? A sabedoria é minha irmã, e o entendimento o meu amigo íntimo (Pv 7:4)? Assim fica claro que a sabedoria é personificada, da mesma forma que a prudência e o entendimento. É forçar o texto, afirmar que Jesus é a sabedoria.

Outro motivo para que se afirme que o versículo não diz que Jesus é um ser criado, é que, mesmo que consideremos tal sabedoria sendo Jesus, o texto não diz que tal sabedoria foi criada. A palavra traduzida para criar, é quanah, mas o seu sentido, não é este. Quanah aparece em Pv 1:5; 4:5 15:32;, e em dezenas de outras passagens, e nestas passagens é traduzida por “adquirir” ou “comprar”.

Este é o sentido da palavra, e assim, cai por terra o argumento de que Pv 8:22 diz que a sabedoria foi criada. A sabedoria foi estabelecida desde a eternidade (Pv 8:23), isto quer dizer que não teve começo (compare com Sl 90:2). Deus sempre teve sabedoria. Com isto, nós vemos que os argumentos para defender a idéia de que Cristo foi criado, se baseiam em três versículos tirados de contexto, e mal interpretados. Mesmo que interpretássemos tais versículos da forma absurda, teríamos uma infinidade de outros versículos que comprovam a eternidade de Jesus.

Jesus é eterno (Ap 1:17; Jo 1:1; Mq 5:2;)!

Fonte: http://www.cacp.org.br

Este artigo foi enviado por email por uma autor para a CACP
Depois avaliado pelo CACP e aprovado para publicação.
Lembrando que cada autor é responsável pelo seu artigo.
Os artigos não expressam necessariamente a opinião do CACP.